Arquivo da tag: alcool

Sobre o desapego

No JUCA (Jogos Univesitários de Comunicação e Arte) somos forçados a nos desprender dos bens materiais e do conforto da cidade grande. Quase como monges absicamos de camas, privacidade, higiene e posses.
Tudo em nome de uma festa da carne fora de época. Todos que lá estão concordam que esse desapego todo não poderia durar nem mais um dia. Não há no mundo álcool que anestesie tamanho desconfrto na hora de dormir. Não há balada que compense tantos banhos de chinelo.
No último dia, enqaunto esperávamos o tão amado ônibus que nos tiraria daquele martírio prazeroso, enumeramos o que mais fazia falta naquele lugar. Muitas coisas foram citadas, mas as mais freqüentes foram:

Cama – não um saco de dormir
Comida – não x-saladinha
Banheiro particular


Mas tudo é compensado pelos cânticos entoados tantas vezes ema doração à – no  meu caso – Toda Poderosa Metô, pelo tempo dispensado em ótima companhia, pela  auto-spueração – quem agüenta o JUCA, agüenta qualquer coisa – e no caso dos  jovens normais e ébrios, o prazer dado pelo álcool, pelas drogas, pelas festas e pelo  sexo.
Deixo claro aqui que não consumi drogas (só Naldecon), não ingeri álcool, não fiz  uso de substâncias ilícitas de qualquer tipo, nem pratiquei atos moralmente  reprováveis – coisas que segundo a crença popular, são a base do JUCA. Fato. São  mesmo, mas que atire a primeira pedra o leitor que ainda acredita que eu sou normal e hajo como pessoas normais.