Total Trash

Hoje de manhã fiquei pensando sobre a apreciação do trash…
Quando eu estava no colégio não era legal falar que gostava de Chaves. Que alguma vez na vida você ouviu Spice Girls e que foi no show do Backstreet Boys, ou New Kids on the block dependendo da década que você nasceu.

De repente, eu entro na faculdade e as pessoas usam Chaves como referência! vão em baladas que toca “você é luz, é raio, estrela e luar, meu iaia meu ioio” entre outras. Fiquei me perguntando se isso é um fenômeno exclusivo de nós moderninhos da comunicação, ou se é algo comum a todo mundo: chegam os 20 anos (ou a faculdade, o que vier antes) e de repente tudo que a gente escondia quando tava no colégio pudesse vir a tona, com um pouco de vergonha ainda, claro… mas agora pelo menos assume que gostava!
Os cds do backstreet boys deram espaço pra coisas mais adultas na prateleira, mas continuam na gaveta… vai que um dia bate aquela saudade!

Bjus de uma ex fã de BSB, Spica Girls, Five, frequentadora e adoradora da Trash, e chamada de Chiquinha no colégio.

5 comments

  1. Juliana · August 19, 2007

    e viva o Trash!!!!!!

  2. · August 20, 2007

    Faz MTO sentido!

  3. [Filipe] · August 21, 2007

    Eu comentei algo relacionado a isso algumas vezes com a Midori e a Juliana: a faculdade e mesmo a maturidade que ela acaba trazendo para a maioria de nós implica uma liberdade maior… Passamos, EM VÁRIOS SENTIDOS (!), a assumir com mais segurança que gosamos de algumas coisas, independentemente do que os ouros possam vir a pensar.
    Acho que na nossa idade também há uma tendência maior a nos tornarmos tolerantes em relação aos outros. Ninguém aqui está mais no colégio e a maioria de nós já viu que ninguém se encaixa totalmente no padrãozinho tacanho que a sociedade vende como aceitável por aí. Hoje há a possibilidade de tentr se enquadrar no padrãozinho… ou de simplesmente ignorar que ele existe, o que é ótimo.
    Ai, ai… Adoro essa discussão. rs

  4. [Filipe] · August 21, 2007

    Por que diabos eu SEMPRE tenho que escrever mto mais do que as outra pessoas? Droga… Odeio passar por verborrágico. rs

    Errata: o “gosamos” em “assumir com mais segurança que gosamos” deve ser lido como GOSTAMOS. rs

  5. Fábio · August 24, 2007

    Elisa, eu curto DIDO e ABBA! E isso já diz muito sobre minha pessoa! Não se reprima! rss…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s