Ludoviajando

Estava até agora no show do Ludov, o show foi FODA, e milhões de coisas passaram pela minha cabeça enquanto ouvia as músicas do Disco Paralelo, covers e algumas dos outros álbuns.
Uma delas foi que todos lá, mas principalmente a Vanessa Krongold tem uma senhoura presença de palco. Ela conversa com o público, e mostra todo um carinho por nós, e eu acho isso demais, nem toda banda é assim.
Essa semana mesmo meu amigo foi ao show do Interpol e ficou frustradíssimo, disse que parecia que a banda tocava pra eles mesmos. Cada um num canto. O Ludov não é nada assim! Além deles dividirem a música entre si, interagirem e até trocarem os instrumentos, eles dividem com a platéia.
A Vanessa parece que nasceu pra estar num palco, pra cantar, e eu morro de inveja. Eu queria saber cantar e/ou tocar algo pra subir no palco e me acabar: pular, esticar o microfone pra platéia, dançar… Ouvir outras pessoas cantando as minhas músicas, se esgoelando por algo que eu fiz.
Eu amo cinema, mesmo, mas acho que só no palco, no teatro, mas principalmente na música você pode ver o quanto o público gosta do que você faz, a resposta é imediata, e isso é lindo. Logo no início do show a vocalista tirou o retorno da orelha, depois explicou: Com o retorno eu só posso me ouvir, então resolvi tirar pra escutar vocês cantando. A Cat Power também fez algo parecido quano pediu pro público levantar das cadeiras e se aproximar do palco.
Eu queria fazer as pessoas sentirem, e no fundo ser músico é isso: você diz ou toca (literalmente) sentimentos.

5 comments

  1. Filipe · March 16, 2008

    Eliseeenha,
    Mto bom post. Eu decidi que assim que temrinar de tratar da minha rinite farei aula de canto. Quem sabe não formamos uma banda?! Compr eum triângulo e vá ensaiando!
    Beijos

  2. murilobiagiotti · March 17, 2008

    Eu te digo The Remembers estão, para sarar as magoas dos corações solitarios que ainda restarem pelo mundo.

    You’re sweet, but too sweet for rock’n’roll

  3. murilobiagiotti · March 17, 2008

    Eu te digo The Remembers estão, para sarar as magoas dos corações solitarios que ainda restarem pelo mundo.

    You’re sweet, but not too sweet for rock’n’roll

  4. Filipe · March 17, 2008

    ah, esqueci de comentar que há um ser que toca guitarra no Ludov e que me interessa sobremaneira. hehe

  5. Tatá · March 17, 2008

    Eu quero um show tb!!!!!!!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s