Férias Frustradas

Provavelmente eu sou a única pessoa que conhece esse blog e que nunca tinha visto Thelma & Louise na vida. Mas descobri que não era a única que não sabia que o filme foi dirigido pelo Ridley Scott, pois é, o mesmo do Blade Runner e Alien.
No cinema, existem duas linhas sobre Road Movies: Uma que diz que road movies são todos que se passam indo de um lugar pra outro, navio, carro, bicicleta, tudo é válido. A outra diz que a tal da road é uma estrada interna, ou seja, os personagens passam por coisas que faz com que eles mudem, para o bem ou para o mal.
No caso de Thelma e Louise, as duas correntes de pensamento são válidas.


As duas vivem no Arkansas, Thelma é casada, e seu marido, Darryl, não é dos melhores: trata ela mal, reclama o tempo todo, não volta pra casa para o jantar. Louise é garçonete num café, namora Jimmy e chama a amiga dona de casa para um fim de semana pescando nas montanhas acho meio chato demais pescar, mah vamo lá.  
Porém, no caminho, Thelma, que é extremamente caseira, recatada, calma, enfim… uma esposa submissa típica, resolve que quer encher a lata num bar desses e estrada americana: cowboys, bebidas, dançinhas country e tudo mais. Nessas, ela conhece Harlan, dança com Harlan, bebe com Harlan, e numa distração da escolada Louise, Thelma sai da buatchi boate com Harlan. O cara tenta estuprar Thelma, mas por sorte Louise encontra com eles e bam, atira em Harlan. Bam, elas fogem, claro.
Passado o pânico inicial, elas começam a lidar melhor com a idéia de terem matado alguém e fugido depois. É aí que começa também a vertente road = estrada interna. A inocente Thelma, que em muitos momentos me fez pensar Meu Deus, é mais trouxa que eu! é a que mais muda, e aos poucos descobrimos mais e mais sobre Louise, que começa o filme toda fechada e dura. Acho que essa é a melhor coisa do filme: ver como uma série de eventos desafortunados pode fazer com que as pessoas mudem tanto, em tão pouco tempo.

Além disso, tem algumas ótimas cenas, como das perseguições policiais, e do maconheiro soprando no porta malas do carro de polícia. Ah, e a sequência final também é BEM legal!

4 comments

  1. Juju · July 17, 2008

    Você não é a única a não ter visto Thelma & Louise, porque eu também não vi!!!
    Mas sei o final e sabia que era do Ridley Scott ;)

  2. Carolina · October 7, 2008

    Amoooo muuito esse filme.
    Sou muito louca por Susan Sarandon (Louise)….muito fã.
    E aí?? Gostou do final??
    Bom eu tbm não gostei muito…..Sei lá..não gosto de ver Susan morrendo nos filmes..mas o dvd do filme traz um fim alternativo..maravilhosooo….
    Boom..é isoo..
    Dá um pulinho no blog que fiz pra ela e comenta lá tbm…
    Bjooos

  3. Carolina · October 7, 2008

    Ahh sim…o link do blog é este:
    http://www.blig.ig.com.br/susansarandon
    Bj

  4. MARIA REGINA RODRIGUES · June 24, 2009

    Amo Susan Sarandon, s/ modéstia tenho orgulho de parecer com ela> Bem meus amigos o dizem, Chegou nossa Susan Sarandon, prá q tem 58 aninhos e muiiito orgulho. Pela beleza madura, talento, charmosa, Viva Susan Sarandon! e prbéns mesmo , aos jovens q curtem essa atriz de primeira.
    Bjs.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s