Flash ou Trashdance?

Eu costumo gostar de filmes porcarias, dançantes, ruins por que eles me fazem rir! Semana passada assisti Dirty Dancing e dei risada, adorei o filme, os personagens eram divertidos e faziam coisas estranhas. Hoje, vi Flashdance, outro clássico de dança, sensualidade e azaração. Mas a dança, sensualidade e azaração eram péssimos! Não dei uma risadinha! Falei no Twitter e todo mundo veio dizer que o filme é ruim mesmo, então vou explicar por que achei ele ruim, acima dos outros filmes dançantes dos anos 80.

As danças não são incríveis, claro que Alex tem seus rodopios bem feitos, mas eu preferi a patinação no gelo da amiga do que dela. Achei bem ok, e na hora do teste, quando “ela” faz o passo de break, eu fiquei com vergonha alheia, por que aquilo era obvia e descaradamente um homem. Todo mundo já sabia que era um cara, mas poxa… pega um magrelinho e de cabelo mais comprido! Ficou ridículo. Aproveitando que entramos na questão técnica, lembro de outra dança: a que ela faz em frente à tv. Uma hora ela está de lado pra parede de azulejos, outra hora ela está de costas. Não fez sentido algum, podiam ter montado o cenário de forma mais verossímil, não? Além daquela maquiagem de Gene Simons estar horrível.
Antes de falar sobre a Alex farei um breve comentário sobre a amiga loirinha cujo nome vocês já devem ter percebido, eu não lembro: Por que ela fica com o canalha do Zamzibar? Ela não tinha dado um chega pra lá nele? Ele não era filho da mãe com a melhor amiga dele? E mais, por que ela foi dançar peladona lá? Só pra ganhar mais? O que isso influenciou na história? Do meu ponto de vista nada, por que ela desapareceu depois que a Santa Alex foi salvá-la.

Agora a minha querida Alex… Ah, Alex… Você é péssima e não faz o menor sentido! Eu não lembro de nenhum diálogo relevante entre ela e o chefe em que ela não tivesse dando chilique, quebrando janelas ou fazendo a louca. Se eu estiver errada, por favor, me corrijam. Outra coisa: De “Perdoe-me Padre, eu tenho pensado muito em sexo” até “Oi ex mulher do meu bofe, eu isso aqui não é uma roupa de verdade” o que aconteceu? De menina pueril que confessa pro padre ela virou uma depravadona que fala em fuck his brains out no restaurante fino! Fora a cena zuper zexy dela comendo Lagosta. Eca. E mais: Por que ela começa a fumar de repente? Não havia uma bituquinha de cigarro até ela brigar com o chefe-namorado e acender um atrás do outro! Não acho que tenha a ver com a personalidade ativa-dançarina-ciclista dela. E por que mais pro fim do filme, quando ela está na pior, fumando e sem namorado, ela vai se confessar pro padre, mas ao invés disso chora litros? Oi, a amiga loirinha existe pra que? Só pra ser resgatada?

Além do que o final, finalzinho, última cena foi um lixo. Não falarei com mais detalhes por que se alguém não viu e ficou morrendo de vontade de ver esta pérola cinematográfica, não serei eu que estragarei a graça!

De forma geral acho que o filme não fez muito sentido. Até aí Dirty Dancing não faz, mas consegue ser engraçado desse jeito por que consegue dar a volta [de tão ruim fica bom] coisa que Flashdance não consegue em momento algum.

One comment

  1. Marcia · September 13, 2009

    Ah, é trash mesmo =P
    Mas me lembro muito pouco dele. Assisti qdo criança qdo os filmes estreavam no Telecine =X
    Dirty Dancing, confesso, só assisti a uns 3 anos atrás e achei bonitinho, bem cara de sessão da tarde.
    Entendeu pq a galera da minha idade é meio lesa? XD

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s