Amor em retalhos

Para o Desafio Literário do Tigre desse mês, com o tema Amor, eu queria algo diferente, não amor romântico, não água com açúcar. Assim, meio sem saber o que queria, encontrei na prateleira da livraria a capa de Retalhos, de Craig Thompson. Lendo as orelhas dessa Graphic Novel me convenci que ela tinha a cota de amor que eu queria.

Craig Thompson conta a história da sua vida através de suas ilustrações. Sua relação com os pais, o irmão mais novo, com quem dividiu a cama por anos, com a igreja, Jesus, e com Raina, garota.

Mais um pro #dldotigre o tema? Amor <3

A photo posted by Elisa Mafra (@elimafra) on

Craig cresceu, no meio de Winsconsin, numa casa com pais opressores, frequentando a igreja, lendo a bíblia, temendo Deus. Temendo os pais. Temendo ele próprio e o mundo a sua volta. Na escola dominical aprendeu que seus desenhos, a única coisa que gostava de fazer, e fazia bem, não fariam nada por Jesus, nem em Terra, nem no Paraíso. Envolto nesse medo e nesses questionamentos, Craig frequentava o acampamento da Igreja, todos os anos, e foi lá que conheceu Raina. Uma garota que, assim como ele, não se encaixava bem naquele lugar.

Raina e Craig são bem diferentes: ela falante, agitada, extrovertida, adora escrever. Ele tímido, amedrontado, cada vez mais fechado em si. Ela mora no estado vizinho do dele, e assim, combinam de ele ir passar uns dias na casa dela.
Com esses poucos dias de convivência intensa, ambos criam uma amizade, um amor, que faz Craig se abrir, e se conhecer. E com essa influência, Craig segue sua vida, narrada no livro até a sua idade adulta, mostrando todas as transformações que viveu, e que passou.
O amor de Craig é o fio condutor da história, é o que o leva de adolescente medroso a adulto independente. Conhecer sua história vale a pena. Em alguns trechos a história fica densa, mas o que Craig Thompson quer nos mostrar é que, apesar do caminho difícil a vida pode ser boa, leve.
Retalhos acabou sendo exatamente o que eu queria: um amor maior que o amor romântico, um amor por si próprio.

3 comments

  1. Beatriz · October 31, 2014

    “Neste Desafio Literário, resolvi fazer algo de diferente…”

    • Eli Mafra · October 31, 2014

      Lendo e tomando meus bons drink

      • Beatriz · November 3, 2014

        Hahahaha

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s