Bagel & Butterbeer – It’s Brooklyn, B*tch

Depois de um tempinho longe, volto pra falar de Nova York!

A cidade de Nova York é dividida em 5 grandes distritos, e dentro deles, tem vários bairros menores. Manhattan, apesar da fama, é o menor desses distritos.

NYC Districts

No post sobre a nossa casinha nova iorquina falei que ficamos no Brooklyn. Como vocês podem ver no mapa acima, Brooklyn é algo bem grande. Pra ser mais específica, ficamos em Williamsburg, bairro que fica do lado da ilha, ali, quase no Queens.
Aproveitamos o domingo na cidade para conhecer o bairro. Com isso, perdemos o Smorgasburg, uma feira de comida orgânica da região, que diz ser muito boa, mas acontece aos sábados.
Mas tudo bem, Williamsburg é bem mais que isso.
O bairro foi ponto de drogas anos atrás, mas com algumas políticas da prefeitura pra ocupação da área, muitos jovens começaram a ir morar por lá. Com isso o bairro se tornou mais jovem e movimentado, hoje em dia é cheio de restaurantes, cafés, delicatessens, e sempre tem gente na rua não necessariamente para consumo de drogas.
Aliás, as delis, ou delicatessens, são O lugar que você vai pra não passar fome. São mercadinhos pequenos, normalmente os donos são latinos ou indianos, e vendem de tudo em seus corredores apertados, mas principalmente comida: cereal matinal, biscoito, frutas, saladas, refrigerantes, cervejas, enfim. Não espere encontrar um Wal-Mart em NYC, passe na Deli mais perto de casa, e providencie a janta lá mesmo.
As avenidas Driggs e Bedford – essa principalmente – tem um número incontável de lugares para conhecer, comprar comidas, livros, vinis, apetrechos pra cozinha, etc.
Um desses lugares eu conheci por dica da Let Massula: A Bedford Cheese Shop. Gosta de queijo? Então vá lá. É uma loja toda dedicada a vários tipos de queijos existentes. É tanta coisa que você nem sabe bem por onde começar? Tudo bem, as moças que trabalham lá vão te perguntar que tipo de queijo você gosta, te oferecer algumas provas, pra você sair de lá feliz com um pacotinho de um queijo muito bom. Alguns são caros, outros tem preço ok, mas se você gosta, vale a pena.
Outro lugar bem gostoso é a Mast Brothers. Esses irmãos começaram a produzir chocolates artesanais, ali mesmo, com misturas bem diferentes, alguns levam vinho, outros ameixas, além de balas tipo toffee e bolos e brownies.
O bairro tem ainda a Brooklyn Brewery, cervejaria artesanal orgulhosa do seu bairro, onde você pode fazer tours guiados, provar as cervejas, levar souvenirs pra casa, etc e tal.
"Cerveja faz você se sentir do jeito que devia se sentir sem cerveja"

“Cerveja faz você se sentir do jeito que devia se sentir sem cerveja”

O Videology é um bar temático bem legal. Eles exibem filmes e seriados de tv, quase todos os dias da semana. Naquele domingo, era Star Trek Sunday. Vida Longa e Próspera.

Stark Trak Night

Stark Trek!

No domingo, por conta de outra feira que acontece na região, o bairro ganha mais vida ainda, com artistas expondo seus trabalhos nas calçadas, pessoas andando a pé ou de bicicleta. O Brooklyn Flea Market lembra muito a Feira da Benedito Calixto, aqui de São Paulo. Os expositores vendem peças feitas por eles, vinis, brinquedos ou objetos militares antigos, armações de óculos, comida, comida, comida! Ah, e água de coco!
Brooklyn Bridge

Brooklyn Bridge

A ponte do Brooklyn é linda, e uma caminhada bem gostosa de fazer. Mas dica: venta bastante, leve um casaquinho, mesmo se o dia estiver quente. Eu apanhei do vento durante a travessia, e isso não foi legal. Mas o lugar todo é gostoso, tem banquinhos pra sentar e ver o movimento, e a vista de Manhattan é linda. Sempre.
No post sobre os parques já contei sobre o Brooklin Bridge Park, mas não contei que de lá você pode pegar uma balsa que te leva a Williamsburgh e a Upper Manhattan. Como transporte público é algo caro, US$4,00 por perna, mas se você está visitando a cidade, é um jeito diferente de conhecer os lugares. Além do que, os capitães são bem… ousados… e fazem umas balizas bem malucas com a balsa.
Ah, se você gosta de comprar roupas existem no bairro dois brechós que, por falta de tempo, não consegui ir, mas dizem, serem bem legais. O mais famoso é o Beacon’s Closet, o outro, até mais barato, é o Buffalo Exchange.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s