Bagel & Butterbeer – Leve o meu dinheiro!

 -.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.- Disclaimer .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

Meu último post foi sobre como vou passar um ano todo sem comprar. E agora, logo o post seguinte, é sobre os lugares mais legais pra você gastar em Nova York. Eu sei, parece meio bipolar, mas se você pensar, faz muito sentido… Minha última esbórnia de compras foi lá nos EUA. Voltei pra casa, voltei pra uma nova realidade, então, por favor, não me julguem.

Vamos ao post

.

.

.

Uma vez na América, você vai querer gastar seu dinheiro. Claro, há exceções: mochileiros que vão pra lá com 100 dólares no bolso e fazem uma ótima viagem também. Mas eu trabalhei um ano inteiro pra conseguir comer tudo que tivesse vontade, e comprar artigos que não acho no Brasil [ou que são vendidos pela hora da morte], e não precisar contar dinheiro para um táxi de emergência no último dia. [Isso aconteceu em Buenos Aires, na minha primeira viagem, e graças a gentileza de duas brasileiras eu e minha amiga chegamos sãs e salvas no aeroporto pra voltar pro Brasil]

NY é uma cidade pra todos os gostos, e as compras que você consegue fazer por lá também agradam a todo tipo de gente. Desde menina ligada às últimas tendências da moda até o nerd que coleciona toy art. Eu me encontro flutuando entre esses extremos, e aí vão algumas lojas que conheci na cidade e para as quais só queria dizer:

$$$

Primeiramente: Brinquedos. Algumas lojas são o paraíso das crianças, grandes ou pequenas.
Toys’R’Us: essa rede está espalhada por várias cidades americanas, mas a loja da Times Square é a mais famosa. A loja é ENORME. Tem uma roda gigante. Tem um dinossauro que se mexe. Tem um monte de bonecos de LEGO em tamanho real. Ah, também tem MUITOS brinquedos pra comprar, você se sente criança de novo, sem brincadeira. Você olha tudo aquilo e sente vontade de abrir todas as embalagens e brincar com tudo aquilo. Ah, também tem uma sessão enlouquecedora de açúcar e doces.
Há também a Babies’R’Us, com coisas só para os nenéns, mas andei bem pouco por essa sessão, que parece tão completa quanto a dedicada aos grandinhos.
FAO Shwartz: Essa loja fica na 5ª Avenida, atrás do cubo da Apple, e é uma loja bem clássica. Tem menos opções de compras que a Toys, mas tem dois pontos bem positivos:
1- Se você cresceu com o Tom Hanks tocando o piano gigante, vá lá. É nessa loja e eles tem um piano gigante, no segundo andar, pra você se deleitar. E por 50 Obamas você pode levar um teclado desses pra casa [menor que o da loja, tá?]
2- Se você ama os Muppets, lá tem uma área em que você monta seu próprio Muppet. Aí a brincadeira é mais carinha, cerca de 100 dólares, mas é divertido!
Vale a visita, mas me senti mais num paraíso na Toys.
LEGO Store: A loja no Rockefeller Center é deliciosa. Você pode montar seus próprios bonecos LEGO, e comprar peças em cores diferentes de baciada. Comprei lá um DeLorean, com o Doc Brown e o Marty McFly. LEGO você acha pra vender em praticamente qualquer loja da cidade, mas a loja da marca tem opções diferentes, e aqueles kits enormes das várias franquias. Os atendentes são super simpáticos e prestativos.
Nintendo World: Esse é outro paraíso. Eu não sou fã de video game, sou fã da Nintendo, e principalmente, fã do Mario. Infelizmente chegamos na loja quase na hora do fechamento, então acabou sendo um pouco corrido, mas deu pra ver as centenas de produtos licenciados da marca. Carteiras, camisetas, pijamas, jogos, bonecos de colecionador. Além dos jogos em si, e do Wii U.
Ah, eles tem um mini museu dos consoles da marca, desde o primeiro até os mais atuais, e alguns itens raros e de colecionador. Eu queria tudo naquela loja! Até as sacolas eram legais! E os vendedores também, eram legais, mesmo sendo os últimos clientes na loja, atrasando a saída deles.
Forbidden Planet: Não é loja de brinquedos, mas diverte os adultos fãs de cultura pop e nerdices. Encontramos essa loja sem querer, andando pela Broadway, logo no primeiro dia de viagem. Camisetas, dvds, toy art, action figures, Funko Pops. Cinema, series de tv, quadrinhos, desenhos animados, video game, anime, livros. Ufa! A loja é ótima.
Disney Store: Acho que se disser que mais alguma loja é um paraíso, vocês não vão mais acreditar em mim, mas essa loja é incrível! Ouso dizer que tem uma variedade maior de produtos do que as lojas dentro da própria Disney. Como uma imagem vale mais que mil palavras, fiquem com essa foto minha nesta maravilhosa loja para entenderem do que eu estou falando.
Criança Feliz

Criança Feliz

 
 Agora é a hora que eu deveria me acabar falando de roupas. Porém, diferente do que eu e o namorado esperávamos, comprei bem mais bugigangas inutilmente nerds do que roupas, pelo menos em NY. E tem outra: Loja de roupas nos EUA todo mundo conhece umas 15 na ponta da língua. Portanto vou falar só da marca que eu adoro – e que o namorado conheceu na viagem e também adorou.
Uniqlo: a marca é japonesa e existe em algumas das maiores cidades do mundo. Diz a lenda que está fazendo pesquisas pra vir ao Brasil em breve. Enquanto isso, namoro os itens pela internet.
As roupas misturam clássicos, como casacos de tweed e sobretudos, e coleções especiais moderninhas, com referências de artes plasticas [Andy Warhol e Robert Mappelthorpe – aquele do livro da Patti Smith] e até uma parceria com o Pharrell na última coleção.
As roupas masculinas são bem legais também, e seguem essa mesma linha, meio moderno, meio clássico.
Curiosidade: diferente do Brasil, lá eles devolvem seu troco certinho, centavo por centavo. E é bem vindo você colocar essas moedas de volta em circulação. As moedas lá são bem estranhas: a menor moeda é de 10 centavos, não de 1, como era de se esperar. E a de 50 centavos é maior que a de 1 dólar. Vai entender! E elas ainda tem apelidos, olha só:

Moedas

Penny – One cent – 1 centavo
One Nickel – Five cents – 5 centavos
One Dime – 10 centavos
Quarter Dollar – 25 centavos
Half Dollar – 50 centavos
One Dollar – 1 dólar

One comment

  1. Lu Monte (@lumonte) · November 7, 2014

    Uma tristeza foi só ter descoberto a Uniqlo dois dias antes de voltar.
    Eu acrescentaria à lista a Century 21 (amor verdadeiro, amor eterno – e a que fica no Upper West Side é até arrumadinha), a Barnes and Noble (cadernos fofos e livros em promoção aos quais resisti bravamente, além de algumas geekices) e a loja da Biblioteca de NY (melhores souvenirs!). Ah, e a Best Buy para eletrônicos, especialmente pra quem não fala inglês – sempre tem um vendedor brasileiro pra atender.
    Dica pra gastar moedinhas: transformá-las em souvenirs nas máquinas espalhadas pela cidade. E passar adiante rapidinho as que se acumulam, porque elas dão cria.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s