Why so silly?


Acabei de voltar da 1ª Silly Walk Brasil. Contando com cerca 20 bobos (sem ofensas galera!) Andamos bobamente por cerca de 2 quarteirões na avenida paulista. Por que andar tão pouco, vocês perguntam, e eu respondo… Por que o silly walking é um exercício PESADÍSSIMO, ainda mais para o público que compareceu – nerds e outras variações sedentárias do mesmo.
Depois, cruzamos a paulista andando bobo e quando chegamos do outro lado paramos e passamos a nos comportar como criaturas quase normais que somos.

Apesar de termos andado pouco, e sermos uma pequena massa se comparada à da Zombie Walk, conseguimos chamar bastante atenção da mídia. O programa Vida Loka do Multishow e a Revista Piauí cobriram o evento. Eu fui entrevistada pelos dois, então quem sabe daqui um tempo não serei vista no multishow falando alguma asneira da qual não me lembro!


Os repórteres e alguns walkers nos deixaram, e depois rumamos para o Bob’s (não não fomos no Bob’s de propósito, só pelo trocadilho) lá ficamos por um bom tempo e com o passar do tempo mais e mais walkers (assim faz parecer que haviam centenas) foram nos deixando até que sobrou eu – arroz de festa, Thiago Andrade – o organizador, e Vinícius Schiavini – o divulgador.


Não tirei muitas fotos pois me empenhei nas minhas andadas: a lateral foi a minha mais popular, a cada 5 metros as pessoas mudavam sua caminhada. Houve nado, cavalgada, saltos, corridas, andadas ajoelhadas. Um deleite para os olhos.


Espero que seja mesmo só a primeira, estarei nas próximas!
Pra variar, fotos no Flickr!

Eu coração São Paulo


Conheço muito pouco dessa cidade que tem 1000 Km², conheço pouquíssimos de seus 10 milhões de habitantes (menos ainda dos 20 milhões da Grande São Paulo), mas tudo e todos são apaixonantes. Se não fosse a cidade não teria esses números enormes. Se não fosse, todos os que chegam aqui não ficariam, não voltariam, não trariam amigos, filhos, pais, irmãos.

Ao mesmo tempo que é massacrante, grande, concreta, dura, cinza, São Paulo é acolhedora, para alguns aconchegante. Há quem não se sinta em casa em qualquer outra cidade, campo, praia, nada é tão bom quanto a poluição, movimento da capital.

Existem São Paulo pra todos os gostos. Cinemas, museus, bares, parques, ruas calmas, ruas agitadas, comércio, teatros. Tudo que você pensar, pode encontrar aqui, é só procurar um pouco. Tem lugares para ir com amigos, pais, primos, namorados. Programas para manhã, tarde, noite, madrugada, e até rolê eterno. Numa cidade que tem uma praça em cima de uma caixa d’água, um sebo em baixo da Avenida Consolação e mais outras esquisitices perdidas por aí, tudo é possível.

São Paulo me dá arrepios. Se ela é caótica hoje, como será no futuro? A cidade é um espelho da bagunça do mundo moderno, impossível saber quanto tempo isso vai durar, o trânsito, a correria, a poluição. É como se a cidade fosse um de seus moradores: sempre correndo atrasado, trabalhando de dia, saindo a noite, bebendo, fumando, entupindo seu corpo de males, mas tudo está bem até o colapso.

Não quero dar lição de moral, não estou aqui pra isso, mas temos que ajudar nossa cidade (também) maravilhosa a respirar, a não enfartar. Ela tem só 454 anos, é jovem e ainda tem séculos pela frente.


Paulistanos, de alma e coração, provem seu amor por essa cidade imensa e andem mais de bicicleta, peguem carona, não joguem lixo na rua, não passem no sinal vermelho, não buzinem à toa, comprem carros à gás, ceda seu lugar à gravidas, idosos ou portadores de deficiência física. Qué dizê! Sejam bons cidadãos, respeitem a cidade e seus outros moradores.


Eu (L) SP!

São Paulo por:
Demônios da garoa
Fernanda Abreu
Inocentes
Sílvio Caldas
Premeditando o breque (premê)
Tom Jobim
Tom Zé

Muito de nada

Acho que já usei esse título…

Ah, primeiro dia das férias e não tenho muito o que dizer… só que descobri uns sites novos por aí, então recomendarei-os através de post, quem sabe assim não impulsiona as visitas por lá… (Não tenho leitores suficientes pra impulsionar nada, mas…)

Redatoras de Merda – Hilário! Duas mulheres escrevem sobre a vida, o universo e tudo mais, de um jeitoMUITO engraçado… tem um post sobre Depilação na virilha que acho que todas as mulheres ( poupo os homens) deveriam ler, por que é FANTÁSTICO. O link desse post tá aqui, ó.

De(ath)sign – Webcomic muito engraçada… Mas provavelmente só quem é, ou convive, com webdesigners ou profissões afins sujeitas a clientes inconvenientes vão se divertir como deve… Mas não custa tentar!

Petulância – Blog da Camila, minha ex-cunhada, ela apareceu no jornal pra falar sobre blogs… Se pá ela sabe o que tá fazendo (diferente de mim). É bom pra matar minha saudade de beagá. =)

Delizias – Meu outro blog (e viva a auto-promoção) mas gostaria de deixar MUITO claro, que nem todos os textos escritos lá são meus! Divido a autoria com mais 2 amigas… Não vou revelar suas identidades por aqui, não sei se elas gostariam. Mais um blog que fala sobre mulheres, de um jeito divertido.

É isso aí!
Hasta La Tchau!